Entrevista com Bel Pesce, a Menina do Vale

0
Ela inspira jovens de todo o país. Na sexta-feira, dia 30 de agosto, conversei com a empreendedora Bel Pesce, uma das 100 pessoas mais influentes do Brasil, de acordo com a revista Época. 

Bel é autora do livro A Menina do Vale, que conta a história de como por meio de atitudes empreendedoras e muita força de vontade ela se formou em cinco cursos no MIT, trabalhou em empresas como Google e Microsoft, e criou o Lemon,  aplicativo que  basicamente digitaliza documentos.

De volta ao Brasil no início deste ano, Bel fundou a FazINOVA, escola de empreendedorismo e relacionamento com pessoas. Em um dia de novidades em seu empreendimento, Bel veio à Itajubá para realizar a palestra de abertura Startup Weekend - Unifei, uma competição empreendedora que incentiva os participantes a criarem uma empresa de grande impacto em apenas 54 horas. (Em breve postarei como foi minha participação no evento).

Em meio a autógrafos, fotos e conversas, consegui entrevistá-la. O assunto de nossa conversa foi a importância da comunicação eficiente para a consolidação e crescimento da empresa. 

- Visita ao escritório do LinkedIn Brasil
- Marketing 3.0 ::: Comece arrumando a casa

Na entrevista, Bel citou principalmente a importância da comunicação interna como um dos principais elementos para a eficiência na expansão do empreendimento. Segundo ela, é preciso ter uma comunicação correta tanto interna, quanto externa para que os resultados sejam positivos. “Tem que ter uma pessoa fazendo o papel de ser como se fosse um contador de histórias, mas histórias reais. Tanto para motivar a galera que trabalha no produto, para querer entender para que serve o produto, quanto para entender se há um mercado que realmente demanda aquilo. Isso é muito importante”, disse. 


Bel Pesce criticou as empresas que contratam serviços externos para melhorar a comunicação interna ao invés de o próprio gestor entender as necessidades e dificuldades do trabalho de sua equipe, de acordo com ela, a comunicação eficiente deve começar in house. “Se você não tem a comunicação de passar a visão para a galera, de mostrar o propósito do produto, então o que você está realmente fazendo naquela companhia? Claro, pode mudar um pouco, você pode aprender, mas você tem que estar muito claro com todos ao seu redor, da equipe aos clientes”, comentou.

Confira a entrevista completa com A Menina do Vale no Podcast abaixo: