Redução do alcance dos posts de páginas no Facebook: o que fazer?

0
Há algum tempo tenho percebido que o Facebook está reduzindo cada vez mais o alcance de posts de fanpages. Para grandes empresas, o resultado desta redução de alcance são maiores investimentos para promover os posts. No entanto, para pequenas empresas com um baixo orçamento de comunicação, o resultado desta redução é que está ficando cada vez mais caro investir em social media marketing na maior rede social da atualidade.

Em dezembro de 2013, o próprio Facebook explicou que a redução do alcance é natural, devido ao aumento cada vez maior do número de usuários e informações produzidas no feed de notícias. Para garantir “uma melhor experiência para o usuário”, a rede social modificou o logaritmo que gera o feed, o que limitou ainda mais a propagação dos posts.. 

Em entrevista ao Meio & Mensagem, a gerente de comunicação do Facebook no Brasil, Camila Fusco, afirmou que a distribuição orgânica das postagens na rede social vem diminuindo com o passar do tempo, mas isso não é por causa de estratégia ou política da rede para ampliar as vendas de publicidades pagas. “O feed de notícias é cada vez mais concorrido, as pessoas curtem e compartilham a cada dia um número maior de coisas. Como essa distribuição é orientada pelo comportamento social de cada usuário, é natural que não sejam todas as mensagens que apareçam em cada timeline”, afirmou Camila. 

Quem administra uma fanpage já deve ter percebido que esta redução de alcance tem sido extremamente drástica. Um estudo da Ignite Social Media, divulgado pelo Scup Ideas, inspecionou 689 posts de 21 perfis corporativos, de diversos tamanhos e setores. Na semana que começou no dia 1 de dezembro do ano passado, o alcance orgânico e a porcentagem de alcance orgânico caíram em média 44%. Algumas páginas chegaram a ter um declínio de 88%. Apenas uma das fanpages conseguiu aumentar o reach de suas postagens, com crescimento de 5,6%.

Como consequência da queda no alcance, o número de usuários engajados também sofreu, caindo em média 35%. Em alguns casos, a queda chegou a 76%. Uma página somente viu o número de usuários engajados crescer, com uma variação de 0,7%. Segundo a pesquisa, a postagem de uma fanpage corporativa no Facebook atinge hoje cerca de 2,5% dos seus fãs, um número bastante diferente dos 16% prometidos pela rede social no ano passado.

O QUE FAZER?

Em minha opinião o objetivo “oculto” nessa redução de alcance de posts corporativos é também faturar mais com post patrocinado. Afinal, o corte vem logo após a consolidação e propagação do botão “impulsionar a publicação” que permite enviar o post para muito mais pessoas se você pagar uma quantidade em dinheiro. 

Penso que o modelo de negócios do Facebook que procurava monetizar a rede a partir de publicidades no canto da tela apenas, descobriu que pode faturar muito mais se inserir publicidade em formato de post orgânico no meio do feed de notícias. Com isso, perceberam que usuários comuns que administram uma pequena fanpage poderiam investir dinheiro na rede e como consequência, muito mais dinheiro para o “bolso” do Mark. Claro, essa é minha opinião, nada oficial. :)

Meu conselho é: pague o post que é estratégico e tem mais possibilidade de engajar pessoas. O valor mínimo para promover é 12 reais, que é cobrado em dólar. Nas páginas que administro tenho percebido que é o suficiente para atingir um bom número de pessoas (cerca de 5 mil).

Como o valor investido é gasto conforme o Facebook envia o post para mais pessoas, uma estratégia a fazer com posts que não tem tanto poder de engajamento é promover por 12 reais, deixar gastar um pouco e depois pausar a promoção. Isso já garante uma propagação melhor do conteúdo. 

Profissionais de comunicação digital estão entre os mais requisitados para 2014


Claro, estamos falando aqui de investimentos mínimos e até mesmo como obter resultados positivos com muito pouco dinheiro. Se você é uma grande empresa, basta aumentar o valor já investido na rede. Se você for uma micro empresa ou um negócio pequeno, vale o conselho dos 12 reais. 

Mas você ficou revoltado e desiludido por que o Mark tá cobrando mais para enviar os posts que antes iam de graça. Não se irrite, pense, o Facebook é uma empresa, um modelo de negócio, que visa lucro. Logo, claro, cada vez mais vão procurar terem sempre mais lucro. 

O poder de comunicação do Facebook 
- Empresa, você precisa das redes sociais!

Veja pelo lado bom, com a possibilidade de pagar para impulsionar seu post, uma página com poucos fãs pode atingir milhões de usuários, basta pagar. 

Em breve, farei um post explicando melhor a necessidade de derrubar o mito de que tudo no social media marketing e no marketing digital é gratuito ou “muito barato” e depende apenas de boas estratégias. 

Até mais! ;)